24 abril, 2009
Oi.
Sem tempo, prazer.

.

Senti saudades daqui, mesmo sabendo que tenho 3 leitores.

.

Meu nome é Claudia, meu sobrenome é Votorantim.

.

Nunca trabalhei TANTO na minha vida.

.

Nao sobra tempo pra msn, pra blog, pra vida.

.

Hoje eu tava fazendo uma alusão pro tanto de gente que falo por dia. Esses dias, contei. Te juro que contei! deu 53 pessoas. Aí, pensei: poh@, é como colocar tudo isso de gente numa fila indiana e cada um deles falar comigo pelo menos 10 minutos. E o pior: eu ter que falar com eles também. Porque se fosse só eles vomitarem suas insatisfações rentáveis, beleza. Falaqueteescuto,beim.

Mas a pior parte é ter que responder, e mais pior de ruim ainda: resolver.

.

Tô reclamando não, tô contando, mas ó só: a gestão é dirigida para empresas, principalmente. Daí só no telefone , eu falo com o mundo de gente, 85% carioca. E, me desculpem os cariocas sangue bom, mas ô povo marrento. Tudo tem que ser pra agora.

Daí que tem dia que não se tem saco pra isso tudo.

E é tãooooo infinitamente corrido, q não consigo mais dormir regularmente... tipo, domingo eu sou um nada. E dia de semana, durmo em intervalos de duas, três horas, e de bônus, altos pesadelos.

Juro.

.

Porque não se perdoa nem o sábado da pessoa.

.

Daí que as respostas as avessas predomina.

- Se eu pudesse realmente estar resolvendo da forma que o senhor está ME MANDANDO, eu já teria feito e o prazer desse contato já teria terminado, senhor.

- Senhora, é assim ó: [explica pela milésima vez]. Mas se tua empresa não aguarda os prazos contratados, como posso eu aguardar a senhora verificar novamente tudo que já falamos?

.

Daí pra pior.

.

No mais, tamos aí.
Ainda.

.

Me abraça?
*-*
 
14 abril, 2009
Gentileza de colocar, na próxima novela que escreverem, um personagem fodid@o, tipo um empresário de casas noturnas... não, casa noturna em novela é maçante. A pessoa fala de longe e a outra escuta, a luz é sempre muita, pura enganação.

Deixa eu pensar...

Ah, ó só: um empresário [é, tem que ser empresário, idéia fixa, entenda] do ramo da música! ... mas pela amor, não contrate a Josi BBB -e nenhuma outra também- pra interpretar uma das cantoras empresariadas por ele.

História de vida fica a critério, porém, nada de amores do passado ressurgindo. A personalidade tem que ser forte e verdadeira: pegador ao máximo, mas não só das gostosas. Pôe aí uma mistura de Alfie com Don Juan, que fica tudo certo.

Mora só, tem um braço direito e melhor amigo que cuida da casa dele, e uma cozinheira que foi sua babá, por quem ele tem tremenda gratidão. Os pais moram fora do Brasil, de preferência um país nada exótico e só sabemos que eles existem porque terão cenas de algumas ligações telefônicas. Em tempo: evitem webcam de trocentas resoluções, que isso também engana feio e quero gostar de ver, não pegar nojinho.

Embora muito sedutor, nenhuma vai cair de quatro por ele, e se cair também, ele vai ser muito honesto, sem ilusões.... não vai enganar milhões de mulheres por semana, e não desenvolveremos birra do personagem por machucar corações. Vai, isso é possível. Ah, e tem que ser novela das nove, pra ter cenas mais mais.

Junto da gravadora, ele terá uma casa de descanso para idosos, onde ele vai todo domingo passar algumas horas, e deixa toda a organização nas mãos da irmã mais velha... pode ser a Patrícia Pillar pro papel, não ligo.

Por algum motivo misterioso, ele não se apaixona fácil por uma só, porém tem cuidado extremo com quem gosta, ainda que de muitas... Mas sejam inteligentes.... estruturem um outro olhar... amor do passado é old.

Dica: viu os pais passarem por crises terríveis de relacionamento, por isso se fecha para o amor.

Nota de ouro: faz terapia, por isso. Terapeuta homem também, já que mulher ia se apaixonar por ele, esquecendo-se da ética.

E pra tudo isso, chamem Alexandre Nero.

Porque não sei quem foi que falou que ele tem que fazer papéizinhos.

O cara precisa de um personagem principal.

Gracta.

http://1.bp.blogspot.com/_ihBDfSAv6OE/Sc7CZ4E997I/AAAAAAAAA-E/8_mBNobmWfs/s400/13_1545-alexandre+nero.jpg

ó a carinha dele, qui ninita.
 
08 abril, 2009
Oi, quanto tempo, né?

.

As vezes, eu até pensava: nossa, nem tou postando mais.
Mas, ces ligam?
Nem eu.

.

Daí acontece feito agora, que tou cheia de anotação mental obsoleta e o Max ganhou o bbb.

.

Mas do Max, vonêm comentar. Despreocupem-se.
¬¬

.

Uma das coisas mais terríveis nesse mundo é uma pessoa SE OFERECER pra uma coisa, e termos CERTEZA que é fachada. Tipow: 'no que você precisar, pode contar comigo'... Mas não diz só assim não... diz com ênfase, tá ligado? Praticamente separando as sílabas. Pra completar a cena, ainda pega na sua mão, olha DENTRO dos teus olhos, e a cada sílaba pronunciada faz um 'sim' com a cabeça. Visualizou? Então, repete agora, pra você sentir o drama:

"no-que-vo-cê-pre-ci-sar-po-de-con-tar-co-mi-go"

Na boa, solta da minha mão? Grata. Agora pega na mão de Deus e VAI. E se puder, DEMORA.

Rnt me avisou, r-n-t-me-a-vi-sou.

.

Porque é tão mais simples não se oferecer pra poha nenhuma, continuar sentado no teu quadrado aquário, ter educação limitada a alguns sorrisos e cumprimentos, e não ter que provar que realmente é um ser escroto a ponto de FINGIR que ta aí cozoutros. Porque tem gente que REALMENTE tá muito aí cozoutros, e não sai por aí balangando a mão da gente, quem dirá a cabeça. E quem é, nota quem não é, assim, no primeiro click, sakoé? Rimou.

.

Breathing.

.

Caras, a Telefônica é mesmo um lixo, né? Eu tinha acumulado um monte de conta e tal. Daí que paguei TUDO no início do ano. Teoricamente, tudo voltaria ao normal em 3 dias úteis. Tamo em abril, certo: Teu telefone voltou a funcionar? Nem o meu. Daí, como EUMEAMO, eu só ligo lá quando tou bem zen mesmo. Porque vai que infarto né? Juro, juro. Prefiro ficar sem ele funcionando mesmo pagando as contas que continuam chegando com o speedy e a franquia não utilizada, do que ter um treco caquelas atendentes.

.

Desenterrei uma amiga de anos e anos atrás, quando trabalhava na Oscar ainda, e disse pra ela: "ó, vem cuidar de mim, quieu cuido docê, porque quem mais eu amo nessa vida mora tudo longe." O pior melhor é que ela veio.

.

Tem gente que pergunta: tá trabalhando onde? Daí eu, né...: banco. E a pessoa: ah, moleza. E eu, uma pedra.

.

Tem gente que juuuu-ra que em banco se trabalha pouco. Tipo, seis horinhas e tá tudo lindo. Ah, e também deve achar que tamo tudo ganhando horrores. Ahã.

.

[/temgente]

.

Nos embalos da Páscoa:



.

Meu irmão perdeu o emprego, depois de 25 anos na empresa.
Marolinha?

.

Fato: eu fujo das coisas. Das boas também. Notei isso sesdia aí.
Covardona mesmo, fazer o quê.

.

Conheci um emo, daqueles emosss mesmo, de franja e tudo. Superlegal. (y) É, eu achava que seriam todos chorões, downs, corre e abraça a árvore, sabe? Mas nem são.

O mais bonito foi eu: mas vem cá, cê é emo? ou tem outra denominação? [/tiazona]

E ele gargalhou, claro, da minha pergunta idiota.

.

Aqui é um break no trabalho, sabe?
Tipo, McInternet 15 minutos?
Então, tempo esgotado.
Vô lá, pra senzala pro aquário.

Bjmemandatorpedonositedaclaro.